6 de jul de 2013

Ruinas do Saladeiro Quaraí/RS

Visitamos neste final de semana em Quaraí, na fronteira sul do RS, divisa com Artigas no Uruguay, RUÍNAS DO SALADEIRO, local histórico na região sul.



Levamos meu cachorro Bili para aproveitar o sábado e caminhar. Como ele adora água.

O local é todo cheio destes arbustos espinhentos, o espinilho, planta tipica desta região. Em Uruguaiana e Santana do Livramento também vi muito destes.
Ruínas no Saladeiro
    As Ruínas do Saladeiro são o que restou dos saladeiros de Quaraí, local onde era produzido o charque que posteriormente era exportado diretamente para Cuba, Itália e Inglaterra.
   Quaraí contou com dois saladeiros, o primeiro foi o “ Novo Quaraí ”, implantado em 1894, por uma firma anglo-uruguaia denominada Dicki son Hermanos, no local onde atualmente é parte da Cabanha Branca. Este estabelecimento contava com seis seções: Manipulação de graxa, usina elétrica e ferraria, tornearia, galpões de secagem, depósito de carnes elaboradas e depósito de charque.
    Em 1907, foi criado o São Carlos, segundo saladeiro do Quaraí, localizado entre a Picada do Perau e a Pedra Moura, pela firma Reverbel e Mendive, e em 1908, mais precisamente dia 22 de abril, ocorreu a inauguração do cabo aéreo que colocava a margem direita do Rio Quaraí em comunicação com a margem esquerda, projetado e construída pelo engenheiro inglês Henrique Holidja, facilitando o embarque do charque e seus produtos. Vinte anos depois da criação do Saladeiro São Carlos a lei federal de desnacionalização do charque, que proibia o trânsito do charque, que era levado aos portos brasileiros através do porto de Montevidéo, onerou o charque fazendo com que ficasse fora do mercado nacional, que era o maior consumidor. O Saladeiro São Carlos termina pedindo concordata ao Banco Nacional do Comércio em 1928. 

Esse é o rio Quaraí, que faz divisa entre os dois países, Uruguai/Brasil.
Antigo local onde faziam o charque.
É bem grande, pelo que se percebe do que sobrou.


Esse lugar é muito grande, deveria ser um lugar que gerava muito trabalho na época.







Esse cactos se criou no muro, planta resistente...

Os espinilhos são cheios de espinhos.

Fotos por Daiana Pujol

Obrigada pela visita;
 Gracias por su visita;
Thanks for visiting:


Porém tu, Senhor, és um escudo para mim, a minha glória, e o que exalta a minha cabeça.
Salmos 3:3
Meu filho, não se esqueça da minha lei, mas guarde no coração os meus mandamentos,
pois eles prolongarão a sua vida por muitos anos e darão a você prosperidade e paz.
Salmos 3: 1 e 2

 Assuntos relacionados: Brasil ciudades, carne seca, Espinilho, fotografiando lugares, la historia de la frontera sur, en la historia del sur de Brasil, los gauchos de las pampas, Quaraí, saladeiro ruinas, el turismo, la historia de la carne seca, puntos turísticos de Quaraí, história do charque, pontos turisticos em Quaraí, Brazil cities, beef jerky, Espinilho, photographing places, history of the southern border, in southern Brazil history, pampas gauchos, Quaraí, saladeiro ruins, tourism, history of beef jerky, tourist spots in Quaraí,